Header Ads

ad

Temas musicais de novela

Há anos os autores de novelas adotam o nome de uma música como título de sua obra. Inspiração? Sugestão do produtor musical da novela? Em determinados momentos a música-tema chega a ser encomendada especialmente aos músicos. Qualquer que seja a origem, em geral nome-canção devem refletir o espírito da trama. Todos os exemplos abaixo marcaram a memória dos telespectadores. É só ouvir o título e já lembrar da música...
Na década de 70:
"A Próxima Atração" (Globo, 1970/1971) - de Walter Negrão, com o tema homônimo de Ivan Lins
"Carinhoso" (Globo, 1973) - de Lauro César Muniz, com o tema de Pixinguinha ("meu coração, não sei porque, bate feliz, quando te vê...")
"Estúpido Cupido" (Globo, 1976/1977) - de Mário Prata, e música tema de Celly Campello.
"Sem lenço, sem documento" (Globo, 1977/1978) - de Mário Prata, e música tema de Caetano Veloso.
"Te Contei?" (Globo, 1978) - de Cassiano Gabus Mendes, e música tema de Rita Lee, interpretada por Sônia Burnier.
"Dancin´ Days" (Globo, 1978/1979) - de Gilberto Braga, com música tema das Frenéticas.
"Pecado Rasgado" (Globo, 1978/1979) - de Sílvio de Abreu, título extraído da música tema "Não existe pecado ao sul do Equador", de Chico Buarque e Ruy Guerra, interpretado por Ney Matogrosso.
"Pai Herói" (Globo, 1979) - de Janete Clair,  título extraído da música tema "Pai", de Fábio Júnior.
"Feijão Maravilha" (Globo, 1979) - de Bráulio Pedroso,  título extraído da música tema "O preto que satisfaz", de Gonzaguinha, interpretada pelas Frenéticas.
Na década de 80:
"Chega Mais" (Globo, 1980) - de Carlos Eduardo Novaes, com tema de abertura de Rita Lee
O site Teledramaturgia conta um episódio interessante: "O titulo [da novela] seria Tom e Gelly - já que a novela sugeria uma briga de gato e rato entre os protagonistas até seu final - e o tema de abertura, a música Corre Corre, do novo disco de Rita Lee. Em virtude do alto custo de direitos do título (Tom & Jerry), mudou-se para Chega Mais, que era o nome da outra música escolhida para o tema de abertura da novela, retirada do mesmo disco de Rita Lee."
 "Coração Alado" (Globo, 1980) - de Janete Clair. O tema de abertura era "Noturno", de Fagner, cujo refrão era "ah, coração alado..."
"Plumas e Paetês" (Globo, 1981) - de Cassiano Gabus Mendes, com música de Ronaldo Resedá
"Baila Comigo" (Globo, 1981) - de Manoel Carlos, com tema de abertura versão instrumental da música cantada por Rita Lee.
"Elas por elas" (Globo, 1982) - de Cassiano Gabus Mendes, com tema homônimo cantado por The Fevers.
"Louco Amor" (Globo, 1983) - de Gilberto Braga, com tema "Nosso louco amor", de Gang 90 & Absurdettes.
"Guerra dos Sexos" (Globo, 1983) - de Silvio de Abreu, com tema homônimo cantado por The Fevers.
"Voltei pra você" (Globo, 1983) - de Benedito Ruy Barbosa, com tema homônimo cantado por João Paulo.
"Ti Ti Ti" (Globo, 1985) - de Cassiano Gabus Mendes, com tema cantado pelo grupo Metrô.
"Sassaricando" (Globo, 1987) - de Silvio de Abreu, com tema homônimo interpretado por Rita Lee & Roberto de Carvalho
"Fera Radical" (Globo, 1988) - de Walter Negrão, com tema homônimo cantado por Solange.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();

Postagem em destaque

Aniversariantes de Janeiro

(atualizado em 08/01/ 18) 01/01 1920 - Primo Carbonari - Cineasta documentarista (falecido) 1926 - Maria Della Costa (Gentile Maria Mar...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...